Notícias

Imprimir
PDF

MPF denuncia 34 pessoas envolvidas com garimpo

Escrito por admin on .

Operação desarticulou organização criminosa que praticava garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami

Fonte Folha de Boa Vista

O Ministério Público Federal em Roraima (MPF) ofereceu denúncia contra 34 pessoas, acusadas de crimes relacionados à prática, fomento e apoio ao garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami, reserva ambiental que abriga cerca de 20 mil índios no Estado. A denúncia foi feita após conclusão de investigação deflagrada pela Operação Xawara, iniciada em julho do ano passado pelo MPF e Polícia Federal.

Além dos crimes ambientais do garimpo, os acusados vão responder por crimes de contrabando, tráfico internacional de armas, contra a ordem econômica, manuseio de substância tóxica, obstrução de fiscalização ambiental e formação de quadrilha, entre outros.
Imprimir
PDF

Comemoração das conquistas da Terra Indígena Raposa Serra do Sol – Maturuca, Dezembro de 2013

Escrito por admin on .

Slide1

Slide2

Os povos indígenas da Terra Indígena Raposa Serra do Sol vêm convidar para prestigiar e participar da nossa Feira de Produção e Comemoração da Conquista Final da Nossa Terra, julgada e entregue aos Povos Indígenas pelo Supremo Tribunal Federal no dia 23 de outubro de 2013, encerrando assim uma luta de mais de 30 anos.

Imprimir
PDF

Xamã Yanomami publica livro único, ‘A Queda do Céu’

Escrito por admin on .

Fonte Survival International

davi-book-cover-original-border_screen2x

‘A Queda do Céu’ é um conto único em primeira pessoa escrito pelo xamã Davi Kopenawa

© Harvard University Press

No primeiro livro já escrito por um índio Yanomami, Davi Kopenawa – xamã e porta-voz do seu povo – descreve a rica cultura, história e modos de vida dos Yanomami da floresta amazônica.

‘A Queda do Céu: Palavras de um Xamã Yanomami’ é um relato único da história de vida de Davi Kopenawa, que lidera a Hutukara Associação Yanomami e que continua a defender os direitos de sua tribo ao redor do mundo.

Imprimir
PDF

Yanomami do rio Rio Marauiá e rio Preto criam Associação Kurikama

Escrito por admin on .

Fonte Secoya

Entre os dias 01 e 07 de outubro 2013, aconteceu no xapono (aldeia) do Komixiwe  (Missão Marauiá)  a III Assembleia geral dos Yanomami do Rio Marauiá e rio Preto com a participação de 250 representantes Yanomami oriundos de 13 aldeias do município de Santa Isabel do Rio Negro, Estado do Amazonas.


ay2013e
Festa de abertura da Assembleia


A abertura da Assembleia ocorreu com a festa tradicional do Hearu realizada no xapono, para a qual os Yanomami  se pintaram de urucum e genipapo, se enfeitaram e dançaram em forte demonstração cultural.

Participaram representantes do Distrito Sanitário Especial Yanomami e Ye’kuana, da frente etnoambiental Yanomami da Funai, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMbio, da Secretaria de Educação de Santa Isabel assim como das instituições Secoya, Rios Profundos, Missão Salesiana e Pró-Amazônia.

 

radiotower

Expansão da rede de comunicação dos Yanomami por radiofonia

O projeto tem como meta ampliar a rede de aldeias yanomami interligadas pela comunicação via radiofonia. Atualmente fazem parte desta rede 17 comunidades localizadas na Terra Indígena Yanomami mais a sede da HAY localizada em Boa Vista. A meta deste projeto é ampliar para 87 o número de comunidades, o que corresponde a 32% do total de comunidades yanomami no Brasil (257). Leia Mais ∴